terça-feira, 27 de Maio de 2008

PRONOMINALIZAÇÃO

REGRAS DE PRONOMINALIZAÇÃO

Em português europeu, o pronome pessoal (complemento directo e complemento indirecto), geralmente, situa-se a seguir à forma verbal, ligando-se a esta por um hífen:
Ex: O Mário comeu a maçã. - O Mário comeu-a.

Quando o tempo da forma verbal é composto, o pronome coloca-se a seguir ao verbo auxiliar, ligando-se a este por um hífen:
Ex: O Mário tem comido a maçã. – O Mário tem-na comido.

O pronome intercala-se na forma verbal quando esta está no condicional ou no futuro:
Ex: O António dar-lhe-á o livro
O António dar-lhe-ia o livro.

No entanto, o pronome coloca-se antes do verbo nas seguintes situações:

A. Nas frases negativas:
Ex: Não lhe dês o livro.
Nunca o dês à Ana.

B. Nas frases introduzidas por que:
Ex: Ela quer que o António lhe dê o livro

C. Nas frases introduzidas por uma conjunção subordinativa:
Ex: Quando o empregado lhe disse tudo, o patrão ficou admirado.

D. Nas frases que transmitem ideias de dúvida, desejo ou possibilidade:
Ex: Talvez o António lhe dê o livro.
Oxalá o António o dê À Ana.

3 comentários:

Professorinha disse...

Olha que ideia espectacular!... Estou a pensar tirar o curso de Português num futuro próximo. Nunca se saber quando este blog não me vai fazer imenso jeito!

rotten_apple disse...

Gostei muito do blogue. Tenho é pena que não seja actualizado mais vezes. :/

Beijo

Filipa Cerdeira disse...

deu-me uma ajuda imensa para tirar as minhas duvidas, obrigada